quarta-feira, 30 de junho de 2010

It, r.



Nao conheço praticamente nada ha minha volta. As ruas sao perfeitas, mas com muitos caminhos por optar; é, sem duvida, muito facil de te perderes sem dares conta. Perto de minha casa tinha medo, mas aqui, longe, nem por isso. Aqui, o meu fraco sentido de orientaçao nao me assusta nem um bocadinho.
Saio de casa, e vou dar uma volta, sozinha. E nao tenho medo que se venham meter comigo, que me aconteça alguma coisa. Nao sei, aqui é tudo tao simples, e ao mesmo tempo perfeito.
Ja andava a precisar deste sentido de liberdade e descontraçao. Aqui é tudo tao vivo, pessoas sempre com sorrisos na cara, prontos a ajudar. Aqui, passe os dias que passar na rua, nunca vou conhecer tudo. Daqui em frente, vou passar cada vez mais tempo aqui, cada vez com mais liberdade. Ja esta combinado.
Entretanto, olho a minha volta e penso 'quem me dera pertencer a este mundo'. E a seguir afirmo 'um dia vou pertencer'.

ITALIA

7 comentários:

  1. eu também pertenço a um mundo.
    pertenço ao TEU mundo

    obrigado por existires catarina, <3

    ResponderEliminar
  2. não sabia, porque nunca me tinhas dito, eu também te amo, :$

    ResponderEliminar
  3. tas-me a meter tanto nojo por teres razao.
    A tua vida nao e merda porque me tens (a)

    ResponderEliminar
  4. a serio? :O não conheço essa gaja .s

    ResponderEliminar